Ouça nosso boletim

Boletim do SINEPE/NOPR – 21 de Março de 2017.

Boletim do SINEPE/NOPR – 21 de Março de 2017.

Vagas remanescentes do FIES

O Ministério da Educação vai oferecer 13 mil vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2017. Estão abertas até a próxima sexta-feira, 24, as inscrições para os estudantes não graduados, inclusive os que não obtiveram sucesso pelo processo regular de seleção.

 

Quem participa

Poderão concorrer aqueles que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido nota mínima de 450 pontos nas provas e tirado mais que zero na redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

 

FiesOferta

Em todo o processo, iniciado em fevereiro, foram oferecidas 150.538 vagas do Fies para 1.599 instituições de ensino superior, abrangendo 29.293 cursos. A novidade deste ano é que as mantenedoras das instituições deverão, obrigatoriamente, informar pelo sistema FiesOferta os cursos com turmas formadas, para facilitar a procura pelo candidato.

ProUni

A Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação divulgou o cronograma e demais procedimentos relativos à oferta de bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) para o primeiro semestre de 2017. As inscrições deverão ser feitas nas seguintes datas: de 27 de março a 5 de abril, para quem não estiver matriculado na instituição; até 5 de maio para os já matriculados.

 

Quem pode se inscrever

Poderão se inscrever os que tiverem participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e que tenham obtido nota igual ou acima de 450 pontos, além de superior a zero na redação. Professores da rede pública de educação básica, integrantes do quadro permanente da instituição, também poderão se inscrever para cursos de licenciatura, independentemente da renda.

 

Conclusão da inscrição

A conclusão da inscrição assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa, estando sua concessão condicionada à comprovação de atendimento dos requisitos legais e regulamentares do ProUni. Nos dois dias úteis subsequentes, ele deverá comparecer à respectiva instituição de ensino para proceder à comprovação das informações prestadas. Fonte: As. Imprensa do MEC

 

Pesquisa e Inovação

 Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) lançou nesta sexta-feira, 17, chamada pública para selecionar três institutos federais de educação profissional, científica e tecnológica, que desenvolvem parcerias com empresas do setor industrial, para estruturação de polos de inovação industrial. O financiamento é de até R$ 3 milhões por polo credenciado.

 

Cadeias produtivas

Os polos de inovação industrial da Embrapii buscam interação entre as cadeias produtivas da indústria com a pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) e atuam também como apoio à formação profissional dos setores de base tecnológica.

Reconhecimento de Cursos

A Revista Gestão Universitária publicou entrevista com a doutora em Educação, Roberta Muriel, que explicou as mudanças no processo de Renovação de Reconhecimento de Cursos realizadas pelo Ministério da Educação. Para ela, como em geral as mudanças são punitivas, sua tendência é avaliá-las como “não muito positivas”.

 

Protocolos de compromisso

Em relação aos protocolos de compromisso, o que mudou é que os cursos que tiveram pela primeira vez CPC menor que 3 vão passar por avaliação in loco antes de assinarem Protocolo de Compromisso.  Antes desta mudança, já iam direto para assinatura de Protocolo de Compromisso e só depois ocorria a avaliação in loco.

 

Nova avaliação

Os cursos que obtiveram CPC igual ou maior que 3, mas cujas IES têm nota de IGC menor do que 3 e não passaram por avaliação desde 2007, terão que passar por avaliação in loco, ou seja, mesmo que o curso tenha nota máxima, 5, se a IES tem IGC 2 e não teve avaliação desde 2007, o curso passa por avaliação.

 

Processos abertos

Segundo a doutora, os cursos que terão seu processo de Renovação de Reconhecimento aberto e o ato expedido em sequência são aqueles que tiveram CPC maior ou igual a 3 e que a IES tem IGC maior ou igual a 3 ou passou por avaliação depois de 2007 e os cursos que tiveram CPC maior ou igual a 3 e que não passaram por mudança de endereço e nem aumento de vagas, ou que, tendo passado por estes processos de aditamento, com visita in loco, obtiveram resultado satisfatório em todas as dimensões avaliadas.

Clube do Livro

Foi criado o Clube do Livro Maria do Ingá, iniciativa sem fins lucrativos que busca estimular a leitura em Maringá e região. A participação no Clube é gratuita e aberta a todos os interessados, independentemente de idade, credo, raça ou classe social.

 

Reuniões mensais

Com a curadoria dos professores de literatura, o Clube propõe a leitura e discussão de um livro a cada mês, com participação dos leitores da obra e comentários de um especialista.  As reuniões dos organizadores são realizadas às quintas-feiras, 19 horas, na Câmara de Vereadores de Maringá.

 

Dois irmãos

 

O primeiro livro a ser debatido vai ser o romance “Dois irmãos” de Milton Hatoun. O debate será dia 23 e será coordenado pela professora de literatura Cidinha Pavan. Além do salutar hábito de leitura, os interessados que participarem do debate das obras terão direito a certificado com cinco horas de atividades por obra. Na página do Facebook do Clube do Livro Maria do Ingá, os interessados têm as dicas de como encontrar os livros escolhidos, notas sobre o autor, comentários sobre as obras e poderá conversar sobre elas com outros leitores.

 Maringá, 21 de Março  de  2017.

 Assessoria de imprensa SINEPE/NOPR

 

                                                                             

	Array
(
    [0] => No page with id root
)