Ouça nosso boletim

Boletim do SINEPE/NOPR – 15 de Março de 2017.

Boletim do SINEPE/NOPR – 15  de Março de 2017.

 

Negociação coletiva

As negociações coletivas de trabalho 2017-2018 já foram iniciadas entre o SINEPE/NOPR e os sindicatos laborais que representam as categorias profissionais existentes na escola particular. Em Assembleia Geral Ordinária realizada em fevereiro, as escolas particulares filiadas analisaram as pautas de reivindicações enviadas pelo Sinteemar, Sinpropar, Saaepar e demais sindicatos laborais, bem como elegeu a Comissão Negociadora para a condução do processo negocial 2017-2018.

 

Sem antecipação compensável

Neste mês de março, as negociações coletivas de trabalho com os sindicatos laborais já tiveram início e a percepção inicial da Diretoria do SINEPE é de que este processo, neste ano, se encerrará até o final de abril/17. O SINEPE/NOPR orienta as escolas particulares de sua base territorial para não concedam antecipação compensável de reajuste salarial na folha de pagamento de março e que aguardem novas orientações a respeito desse assunto, que serão enviadas oportunamente e em tempo para a elaboração da folha de pagamento de abril. 

Inscrições no Fies

Será aberto no dia 20 de março o período de inscrições para as vagas remanescentes do processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2017. Os prazos variam de acordo com a condição do estudante. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente por meio eletrônico, na página do Sistema de Seleção do Fies, o FiesSeleção, na internet.

 

Requisitos

Poderão concorrer às vagas remanescentes os candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido nota mínima de 450 pontos nas provas e não ter zerado a redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Enem

Entre as principais mudanças do Enem, estão:  o exame passa a ser aplicado em dois domingos seguidos, e não mais em um único fim de semana; a redação passa a ser realizada no primeiro domingo, juntamente com as provas de linguagem, código e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos. No segundo domingo serão realizadas as provas de matemática e ciências da natureza e suas tecnologias, com 4 horas e 30 minutos de duração.  

 

Certificação

O Enem deixa de certificar o ensino médio, o que volta a ser feito pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja), que é o exame adequado para esse fim, em uma parceria com estados e municípios. 

 

Pacto Universitário

O MEC apresenta nesta quarta-feira o Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos no Paraná. O evento será na sede da Assembleia Legislativa do Estado, em Curitiba, e terá o apoio e a participação da própria Assembleia, da Secretaria de Estado da Educação do Paraná, da Ordem dos Advogados (OAB/PR) e do Ministério Público do Paraná, entre outras.

 

Objetivo

O objetivo é promover iniciativas de respeito às diferenças e de enfrentamento ao preconceito, à discriminação e à violência no ambiente universitário. A intenção é que as instituições de educação superior desenvolvam atividades de ensino, pesquisa e extensão voltadas à proteção e promoção dos direitos humanos.

 

Ações independentes

As ações do Pacto serão criadas e desenvolvidas de maneira autônoma e independente pelas instituições de educação superior que, após a adesão, terão 90 dias para apresentar um plano de trabalho. As práticas educacionais de cada instituição devem ser compostas levando-se em consideração os objetivos do Pacto.

Adesão

Cerca de 100 instituições já aderiram ao Pacto, lançado há pouco mais de três meses. Dessas, 86 são de educação superior e as demais são apoiadoras. Do total, 40% são públicas e 60%, privadas. Aproximadamente metade das instituições participantes já elaboraram seus planos de trabalho. Outros 30% estão na fase intermediária de instituição do comitê responsável pelo plano de trabalho e 20% se encontram em fase de formalização da adesão.

Árvore Solar

Uma árvore solar foi inaugurada e está em plena atividade no Campus Itaperi, na Universidade Estadual do Ceará (UECE), em uma iniciativa pioneira no país. A energia captada do sol é usada para abastecer bicicletas elétricas. O projeto é fruto de uma parceria entre o departamento de mestrado em ciências físicas aplicadas e empresas do estado.

Estrutura

A estrutura metálica e de fibra de vidro de 10 metros de altura. São também 10 painéis fotoelétricos em configuração radial e helicoidal (circular), que, além de funcionais, possuem uma leveza estética que lembra enormes pétalas (ou folhas).

 

Bicicletário

Em sua base fica o bicicletário. Por enquanto, estão sendo atendidas somente 10 bicicletas por dia, abastecidas em cerca de quatro horas. Mas a árvore já possui uma aura de grandiosidade inquestionável, pelo que simboliza nos dias atuais, como mais um passo importante para que a energia renovável se torne uma realidade no Brasil e no mundo.

 

 Maringá, 15 de Março  de  2017.

 

Assessoria de imprensa SINEPE/NOPR

	Array
(
    [0] => No page with id root
)