Ouça nosso boletim

Boletim do SINEPE/NOPR – 14 de Fevereiro de 2017.

Boletim do SINEPE/NOPR – 14 de Fevereiro de 2017.

Paulo Freire

Estão abertas até 15 de março próximo as inscrições para a Medalha Paulo Freire, premiação voltada para a divulgação, reconhecimento e estímulo de experiências educacionais de alfabetização e educação de jovens e adultos. Esta edição tem como tema Direitos Humanos, Diversidade, Inclusão e Cidadania. As inscrições são gratuitas.

Estímulo

De abrangência nacional, a Medalha Paulo Freire, concedida desde 2005, contempla iniciativas de inovação metodológica ou curricular. “É um reconhecimento e estímulo a práticas exitosas que buscam a equidade e o direito à educação ao longo da vida”, diz a titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do Ministério da Educação, Ivana de Siqueira.

Educação

Podem concorrer à premiação experiências de todo o país que estejam em execução ao longo de 2017. Na categoria pessoas jurídicas, os projetos devem estar vinculados a secretarias de Educação, universidades, movimentos sociais, instituições do Sistema S e organizações não governamentais. A categoria pessoas físicas engloba projetos desenvolvidos por personalidades que contribuam com iniciativas para a redução do analfabetismo e melhoria da educação de jovens e adultos.

 Jornais internacionais

O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão vinculado ao Ministério da Educação, oferece aos usuários dados históricos que contemplam os últimos 400 anos de informações publicadas em grandes veículos de comunicação internacionais, a Gale NewsVault, da editora Gale Cengage Learning. O acesso é gratuito.

Pesquisas

A plataforma reúne arquivos com mais de 10 milhões de páginas digitalizadas de publicações periódicas, como The Economist, Financial Times, Liberty Magazine, Listener, Picture Post, Sunday Times e Times. Na base da dados é possível fazer pesquisa cruzada de dados, procurar jornais publicados em determinada data, visualizar publicações em tela cheia, salvar, marcar e imprimir resultados, entre outras funcionalidades.

 Em Portugal

Mais de 27.000 pessoas assinaram uma petição, em Portugal, contra o peso das mochilas escolares. Pais e diretores de escolas defendem que o ideal seria a aposta nos livros digitais para aliviar o peso nas mochilas dos alunos. O objetivo é chegar a 20.000 assinaturas para aumentar as chances de a iniciativa ter êxito.

 

Dicas de Pesquisas

O Portal Brasil Escola diz que pesquisar leva o aluno a aprofundar o conhecimento sobre determinado assunto, além de desenvolver suas habilidades de busca, seleção, registro e organização de informações. No entanto, antes de solicitar que o aluno realize uma pesquisa sobre um determinado tema – especialmente tendo como fonte sites da internet –, é preciso subsidiá-lo com ferramentas e metodologia para que o processo de aprendizagem se efetive.

Passos para a pesquisa

Quando o professor decide propor uma pesquisa na internet como recurso didático, é preciso levar em conta o Planejamento, a Metodologia e a Indicação de fontes. Ele deve ler os textos dos primeiros links dos buscadores e indicar para os seus alunos as fontes seguras e, principalmente, as que contêm erros ou desatualizações tanto em relação ao conteúdo quanto à ortografia.

 

Ctrl + C / Ctrl + V

Um dos maiores empecilhos para que o professor opte pela pesquisa pela internet é que, em significativa parcela dos casos, os alunos apenas copiam a informação encontrada no site, colam e imprimem. Essa prática, muitas vezes, nem é acompanhada da leitura do texto copiado.

 

 Maringá, 09 de Fevereiro de  2017.

 

 

Assessoria de imprensa SINEPE/NOPR

	Array
(
    [0] => No page with id root
)