Ouça nosso boletim

Boletim do SINEPE/NOPR – 09 de Março de 2017.

 Boletim do SINEPE/NOPR – 09 de Março de 2017.

 

Educação Superior

O Ministério da Educação liberou esta semana R$ 23,42 milhões para programas da educação superior. A maior parte do repasse, R$ 12,18 milhões, será destinada aos participantes do Programa Bolsa Permanência, em 84 instituições federais. O programa atende 22.646 bolsistas, sendo 4.692 indígenas e 1.564 quilombolas. A bolsa é um auxílio financeiro de caráter social e tem entre os objetivos viabilizar a permanência dos universitários em situação de vulnerabilidade socioeconômica nas instituições federais.

 

ProUni

Outros R$ 3,84 milhões serão utilizados para o pagamento de cerca de 9 mil bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni), em 208 instituições. Recebem o auxílio os beneficiários de bolsa integral do programa que estejam matriculados em cursos presenciais com no mínimo seis semestres de duração, com carga horária média igual ou superior a seis horas diárias de aula.

 

Educação Tutorial

Para o Programa de Educação Tutorial (PET) estão garantidos R$ 5,9 milhões, que custearão 10.959 bolsistas, entre estudantes e tutores. O programa desenvolve atividades acadêmicas entre grupos de aprendizagem tutorial, de forma coletiva e interdisciplinar. As atividades visam elevar a qualidade da formação acadêmica dos alunos de graduação, bem como formular novas estratégias de desenvolvimento e modernização desta etapa de ensino no país. Atualmente, há 843 grupos do PET em 126 instituições de ensino superior.

 

Proext

O valor restante, R$ 1,5 milhão, será destinado ao Programa de Extensão Universitária (Proext), que apoia as instituições públicas de educação superior no desenvolvimento de programas ou projetos de extensão que contribuam para a implementação de políticas públicas. Atualmente, participam do Proext 43 instituições.

 

Pronatec

O MEC liberou, também, R$ 41 milhões para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Os recursos serão enviados ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão que realiza o repasse às instituições participantes.

 

Educação Profissional

A maior parte da verba, R$ 29 milhões, será repassada à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. O valor irá garantir a continuidade de cerca de 200 mil matrículas em cursos técnicos e de formação inicial e continuada, presenciais e a distância, em todo o país, por meio da Bolsa-Formação e da Rede e-Tec. Outros R$ 12 milhões serão destinados a instituições privadas que ofertam cursos no âmbito do Pronatec, para assegurar a continuidade de, aproximadamente, 20 mil matrículas.

 

 

 

Educação Infantil

Ações de apoio e manutenção da educação infantil nos municípios e no Distrito Federal vão receber R$ 70,9 milhões do Ministério da Educação. O valor foi liberado nesta terça-feira, 7, e será enviado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC que realiza o repasse aos entes federados.

 

Brasil Carinhoso

Do total de recursos, serão destinados R$ 44,1 milhões para a ação Brasil Carinhoso, para manutenção de turmas recém-criadas de educação infantil ofertadas em estabelecimentos públicos ou em instituições comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos, que estejam conveniadas com o poder público. De acordo com a Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC, a medida beneficia 24.659 crianças em 1.790 turmas.

 

Proinfância

Os outros R$ 26,8 milhões serão aplicados no Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Pública de Educação Infantil (Proinfância). O dinheiro será destinado a manter novos estabelecimentos de educação infantil pública que já estejam em atividade, mas que ainda não foram contemplados com recursos do Fundeb. Em 2016, o Proinfância beneficiou 11 mil estudantes desta etapa de ensino. Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MEC

 

Revisores

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) está selecionando interessados em compor o Cadastro de Elaboradores e Revisores de Itens da Educação Superior (Ceres) do Banco Nacional de Itens (BNI) para a realização do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2017. As inscrições podem ser realizadas até 19 de março.

 

Candidatos

Os candidatos precisam ser graduados em medicina e exercer atividade docente em Instituição de Educação Superior (IES) credenciada pelo poder público. Os selecionados atuarão como elaborador ou revisor técnico de itens, de acordo com a necessidade do Inep, e deverão indicar para qual das seguintes áreas estão se candidatando: clínica médica, cirurgia geral, medicina de família e comunidade/saúde coletiva, pediatria ou ginecologia e obstetrícia.

 

WhatsApp

As comunicações feitas pelo WhatsApp estão associadas de alguma maneira a até 0,9% do PIB do Brasil, onde uma parcela significativa dos mais de 100 milhões de usuários trocam mensagens com pequenos e médios negócios e prestadores de serviços, aponta um estudo da consultoria Analysis Group. Segundo a consultoria, o gasto anual dos brasileiros associado de alguma maneira ao WhatsApp é estimado entre 12 bilhões e 28,3 bilhões de dólares, ou o equivalente a de 0,38% a 0,88% do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2015.

Uso profissional

O levantamento, encomendado pelo WhatsApp e que também calculou o impacto econômico do aplicativo na Índia, Alemanha e Espanha, indica que quase 1 em cada 3 entrevistados no Brasil utiliza o WhatsApp para se comunicar com estabelecimentos comerciais e profissionais liberais, incluindo restaurantes, oficinas mecânicas, médicos, cabelereiros, corretores de imóveis e advogados.

Produtividade

De acordo com o relatório,o estímulo à atividade econômica com o WhatsApp se dá pela redução de custos, aumento da produtividade e melhora da qualidade do atendimento a clientes, entre outros fatores. O estudo diz ainda que um aumento de 5 pontos percentuais na base de usuários do WhatsApp no Brasil representaria uma adição de 790 milhões de dólares ao PIB do país. O impacto positivo anual na economia global, considerando uma expansão do número de usuários da mesma ordem, seria de 22,9 bilhões de dólares.

 

Mais de um bilhão de usuários

Globalmente, o WhatsApp possui 1,2 bilhão de usuários. Todos os dias, 50 bilhões de mensagens são enviadas pelo aplicativo, incluindo mais de 3,3 bilhões de fotos, 760 milhões de vídeos e 80 milhões de GIFs. Entre os quatro países pesquisados, o Brasil é o que tem maior penetração do WhatsApp, com cerca de metade da população utilizando o aplicativo. Depois aparecem Espanha (47%), Alemanha (43%) e Índia (13%).  Fonte: Convergência Digital - Com informações da Assessoria do WhatsApp.

 

Eventos na área da Educação

Vários eventos agitarão o setor da educação em março no país. O “Caindo no Brasil, Panda Criativo e Multiversidade” vai reunir especialistas para debates sobre as transformações que já estão acontecendo na educação. O encontro acontece dia 11, na Vila Madalena (SP). Inscreva-se em https://goo.gl/FupKjb.

 

Semana de Educação da FEUSP

Os estudantes da Universidade de São Paulo (USP) reunirão quem está fazendo a diferença na área para uma semana acadêmica dentro da universidade entre 23 e 27. Confira a programação no site oficial.

 

1° Festival de Invenção e Criatividade

Este evento acontecerá na POLI-USP, paralelamente à FEBRACE, entre os dias 21 e 23. Ele contará com uma Mostra Interativa, que será um espaço dinâmico no qual educadores e estudantes poderão interagir com atividades pedagógicas mão na massa apresentadas pelos expositores. Confira mais em www.ficmaker.org.br.

 

Ensino por Competências

O 1º Congresso Nacional de Ensino por Competências (CONAECOM) é online e gratuito. O evento reunirá os principais profissionais na área do ensino por competências em 28 palestras entre os dias 20 e 26. Inscreva-se em conaecom.com.br.

 

Educação Contemporânea (IV SIEC)

O IV Seminário Internacional de Educação Contemporânea terá Augusto Cury, Leandro Karnal, José Moran e outros educadores de peso. O seminário acontecerá em Juiz de Fora (MG) entre os dias 30 de março e 1º de abril. Inscrições: www.siecjuizdefora.com.

 

 Maringá, 09 de Março  de  2017.

 

 

Assessoria de imprensa SINEPE/NOPR.

	Array
(
    [0] => No page with id root
)